Douro


Um dia no douro vinhateiro
Miradouro de São Leonardo da Galafura

No feriado de 1 de Novembro, resolvemos (re)visitar o Douro Vinhateiro. Apesar do dia estar com bastantes nuvens e o sol encoberto, não quisemos perder a oportunidade de ver as montanhas e as vinhas pintadas com as cores quentes de outono.

 

Miradouro de São Leonardo da Galafura

Saímos do Porto diretos ao miradouro de São Leonardo da Galafura. É um dos miradouros mais conhecidos do Douro e é bem provável que já tenhas visto imagens parecidas com as que ilustram este post uma vez que estão espalhadas por todas as redes sociais. Não é para menos: as vistas são fantásticas, o rio, as montanhas, os vinhedos, tudo encaixa bem da perspetiva que se tem junto da capela de São Leonardo. Este miradouro, tema em poemas do grande escritor trasmontano Miguel Torga, encontra-se a poucos quilómetros da Régua e vale a pena a visita.

Vinhas, montanhas, rio
Vinhas, montanhas, rio

Rio Douro visto do Miradouro
Rio Douro visto do Miradouro

Vinhas
Vinhas

Miradouro de São Leonardo da Galafura
Miradouro de São Leonardo da Galafura

 

Peso da Régua

Depois de consolar os olhinhos com as vistas sobre o Douro, fomos à cidade da Régua satisfazer outro dos sentidos. Almoçamos num dos muitos restaurantes que estão ao longo do renovado cais de mercadorias da estação de comboios. Escolhemos o Locomotiva, por nenhuma razão em especial, e ficámos maravilhados. Espaço bonito, boa comida, bom vinho e atendimento simpático.

Paisagem na cidade da Régua
Paisagem na cidade da Régua

 

Pinhão

A vila do Pinhão, no concelho de Alijó, é um ponto central na região demarcada dos vinhos. Tem uma localização priviligeada na margem direita do rio, e é onde se situam grandes e importantes quintas produtoras do afamado vinho do porto.

A vila tem uma das estações de comboios mais bonitas que conhecemos. Os azulejos que adornam as paredes merecem ser apreciados com calma.

Rio Douro no Pinhão
Rio Douro no Pinhão

Cores de Outono
Cores de Outono

Estação do Pinhão
Estação do Pinhão

Num dia com mais horas de luz talvez tivessemos embarcado num dos inumeros barcos que fazem cruzeiros pelo rio ou visitado uma quinta mas, em Novembro, a noite tem pressa de chegar e tivemos que adiar os planos para uma próxima visita. Apenas mais um motivo para voltar.

 

Miradouro de Casal de Loivos

Já quase ao final do dia, ainda houve tempo para subir à pequena aldeia de Casal de Loivos e apreciar as vistas do miradouro local. Esta paisagem foi considerada pela BBC Londres como uma das mais bonitas do mundo e entendemos porquê.

Miradouro de Casal de Loivos
Miradouro de Casal de Loivos

 

 Não tivemos muita sorte com o dia que estava bem cinzento, mas ficou a vontade de voltar a percorrer novamente estas estradas em dias mais quentes e solarengos para (re)ver o Douro com outras cores.